Pular para o conteúdo
Início » Artigos » A questão do conhecimento básico e de aprender durante o tempo

A questão do conhecimento básico e de aprender durante o tempo

Tela do XSI do Making-Of do Metal Gear Solid 4

Tava aqui matutando um artigo pra escrever neste domingo, enquanto que uma porção de gente está preocupada com o campeonato brasileiro de futebol. Aí lendo este texto do Allan Brito, me veio a idéia deste artigo na cabeça, sobre a questão do conhecimento básico inicial e de aprender outras coisas depois.
Não entendeu? Explico: quando alguém pensa em seguir na área de programação, a primeira coisa que muitos recomendam é estudar a parte de lógica de linguagem de programação. É aprender a base de como que funciona um programa de computador e tentar fazer algo mais simples, evoluindo com o passar do tempo. Em modelagem 3D é um pouco mais complicado, já que os softwares são diferentes e um mesmo software muda a sua estrutura básica com o passar do tempo.
Mas até mesmo em 3D existe uma parte básica de modelagem, que é aprender as técnicas de modelar. Usar comandos como o extrude, pelo que li no artigo do Allan, estão presentes em vários softwares e também depois que você aprende a base e de como usar corretamente um recurso, aprender novos recursos ou usar outro programa torna-se uma tarefa mais fácil e corriqueira.
Hoje estou no meu emprego atual trabalhando como programador de Visual Basic. Entrei na empresa do modo tradicional, com entrevista, já que eles estavam precisando de um programador. Mas eles queriam alguém que tivesse uma experiência necessária e não precisaria ser em VB. Eu já conhecia o Java e disse: olha, não sei VB, mas posso aprender. Então passei por um período de treinamento e hoje sei muito bem a linguagem e consigo fazer as atividades normais da empresa. Na empresa anterior foi parecido: o Java eu aprendi dentro do ambiente de trabalho. Se alguém sabe bem uma linguagem aprender outras é mais fácil: é só aprender a sintaxe e seus recursos extras.
Com 3D é a mesma coisa: se você sabe bem a parte básica, aprender um software novo pode não ser tão difícil e muitas empresas podem te dar a chance de te dar um treinamento bom naquele software. Aí vai depender da negociação que o profissional terá com os responsáveis pela empresa. Se o cara é bom, não será difícil aprender os novos recursos. Além disso, em certos projetos pode ser necessário aprender certos recursos para executar a tarefa, como aprender animação, por exemplo.
Ma sé aquele negócio: se você tem tempo livre pra aprender uma ferramenta/recurso novo, recomendo que o faça. Ele tem de pesquisar e saber bem o que o mercado necessita e se preparar. Aprender em casa, sem compromisso com tempo, pode ser útil para que o conhecimento possa ser melhor fixado. Aí quando uma oportunidade aparecer, ele poderá aproveitar melhor e ter mais chances de conseguir aquela vaga.

Relacionados e Publicidade