Início » Análise – Flight Control HD (PS3)

Análise – Flight Control HD (PS3)

Quando você tem uma premissa de um game com o PS-Move para controlar tráfego-aéreo, o jogador fica curioso para saber o resultado. Flight Control HD é um daqueles games que você ignoraria na PSN Store, e apenas quem gosta de experimentações extremas iria procurar infos do game ou mesmo comprar ele. Como o preço é de 3.99 libras (infelizmente o game ainda não está disponível na PSN americana), é até um preço justo dado o tamanho do jogo, casual e que tá mais para PSP Mini do que um game do PS3. O jogo foi criado originalmente para o iPhone e hoje tem para diversas plataformas como o IPad, Android e Nintendo DSi. Apesar da versão de PS3 ter sido pensada no Move, também é possível jogar com o Dual Shock 3/Sixaxis.

Como falei antes, no Flight Control HD você é um controlador de tráfego aéreo e sua missão é fazer as aeronaves pousarem em segurança. A visão é de cima, e nos diversos mapas você tem várias pistas de pouso e os veículos aparecem na tela. Cada veículo tem a sua “pista” e você leva o ponteiro para o avião e depois traça na tela a rota que o avião deve seguir (normalmente na direção do início da pista). Obviamente durante a trajetória pode acontecer de um veículo ir na direção de outro, podendo ocorrer uma colisão, o que ocasiona um game over automático. Aí você tem de re-traçar a rota e fazer com que a aeronave desvie para não ocorra uma tragédia. Existem diversas delas, mas as mais comuns são aviões de grande porte, aviões pequenos e helicópteros, onde há um heliporto para pousar.

Pode parecer meio bobinho à primeira vista, mas acredite: o game é altamente viciante e difícil. No começo são poucas naves para administrar, mas depois de alguns minutos elas começam a aparecer em maior quantidade e você tem de pensar rápido para pousar todas em segurança, e o mais rápido possível, já que quanto mais demorar, mais o game se torna difícil. Cada aeronave tem uma velocidade, o que aumenta ainda mais o desafio: os “Boeings” são mais rápidos e os helicópteros mais lentos, e aí você pode tentar pousar os Boeings primeiro, mas o problema é ter um helicóptero perto, o que vai obrigar o jogador a traçar uma rota alternativa.

Graficamente o game é razoável e com o estilo mais cartoonizado (lembrando o Cell Shading). Por ter alguns mapas diversos existe uma variedade de cores e um dos aeroportos é à noite, o que aumenta um pouco a dificuldade. Da parte de efeitos sonoros, o game deixa um pouco a desejar, com apenas 1 música de fundo (que às vezes para de funcionar) e efeitos sonoros convincentes.

Para os caçadores de troféus, o game está bem servido: são 12 troféus de dificuldade baixa. Se você passar por todos os mapas e jogar por cerca de 1 hora, você consegue pelo menos 8, aumentando sua coleção. Obviamente tem alguns bem difíceis, como um onde você tem de pousar 200 aeronaves em apenas 1 partida, mas não são um “bicho de 7 cabeças”. Aliás, os troféus justamente aumentam um pouco o fator replay e deixam o game mais viciante.

Este é um game com público mais casual e que queira se distrair numa tarde chuvosa de sábado ou quer algo diferente. Caso saia na PSN americana será uma adição muito bem-vinda, mas espero que mantenha um preço baixo. Caso tenha costume de comprar PSN cards europeus, pode tentar adquirir o game na PSN européia. Eu recomendo para aqueles que querem jogar algo diferente.

Vídeo de Gameplay:

[Imagens via PSBlog europeu]