Pular para o conteúdo
Início » Bandai Namco » BGS 2015 – Sistema de magias é destaque de Dark Souls III | Impressões

BGS 2015 – Sistema de magias é destaque de Dark Souls III | Impressões

High Wall of Lothric está mudada. A locação das builds de Dark Souls III que a Bandai Namco disponibilizou em diversos eventos pelo mundo está com mais detalhes, mais segredos escondidos (que não davam pra perceber nas builds iniciais), o novo nome da localidade (antes estava como Wall of Lodeleth, mas o novo nome dá mais sentido ao provável enredo do local) e agora temos o sistema de magias, um dos destaques do jogo e que terá ligeiras modificações em comparação com os jogos anteriores.

Como em Demon’s Souls, volta a clássica “barra de magias”, oferecendo mais liberdade para futuras builds de magias do RPG sádico da From Software, junto com uma adição inédita: o Ash Estus Flask, uma garrafinha azulada similar a dos Estus Flask, mas que recarrega a magia.

Na quinta-feira não dava para escolher 1 das 4 opções de builds, e com isso estava disponível apenas a opção com magias. A clássica Soul Arrow está bem poderosa, mas o tempo de cast está ligeiramente maior, dando ao inimigo a chance de contra-atacar e detonar com o jogador se ele stiver perto. Claro que normalmente uma build básica baseada na magia seria mais para ataques à distância, mas provavelmente o uso adicional de uma arma melee seria providencial para conseguir finalizar um inimigo ou mesmo tentar algum combo em uma situação crítica.

Também vi ligeira melhoria na IA dos inimigos, principalmente o nosso amiguinho alado capaz de barofadas flamejantes. O dragão que fica matando os inimigos naquele corredor do lado da ponte “às vezes faz isso”, e não mais automaticamente. Ao tentar levar o “super knight” para o corredor (uma estratégia eficaz na build do evento da Bandai) desta vez ele ficou bem vivo e o dragão tinha “dado uma sumida”.

Na BGS 2015 só deu para testar o jogo durante 10 minutos, mas já deu um gostinho melhor do que veremos na versão final. Por estar rodando no Ps4, o jogo está bem bonito e não vi quedas aparentes de framerate. Mas só com a network test e com a versão final será possível avaliar isso de maneira melhor. Mas já fico na dúvida se eu faço agora uma escolha de build em magias, ou se eu vou no clássico “Knight-melee que nunca faz backstab” no RPG, onde acabo fazendo um “misto” de builds de acordo com a progressão.

Dark Souls III será lançado em abril de 2016 para PS, Xbox One e PC.

Relacionados e Publicidade