Pular para o conteúdo
Início » Compra de periféricos.

Compra de periféricos.

g25_logitech

Ahhh quem aqui não fica namorando periféricos variados em vitrines de lojas ?

Nada como um belo mouse de funções absurdas para despertar o olhar enamorado de um Geek, não é mesmo? Acho que seria o nosso equivalente da H. Stern para as mulheres!

Porém, a nossa dura realidade é que tecnologia aqui custa caro e a situação social do Brasil não permite que gastemos o nosso suado dinheirinho a torto e a direito sem uma boa reflexão.

Como me enquadro neste grupo (de pobres) sonhadores, resolvi colocar aqui a minha opinião sobre os periféricos usados para games.

Como já comentei no meu post anterior, sou o feliz proprietário de um volante da Logitech , o G25, que me custou o olho da cara. Na época, era o melhor volante no mercado (e ainda pode ser considerado como tal). Me lembro de ficar conversando com o meu primo, que estava na mesma situação, sobre a compra deste volante.

Chegamos a seguinte conclusão: Com dinheiro que gastamos comprando novos jogos, deveríamos utilizar pra comprar o nosso volante. Um jogo novo rende algumas horas de diversão, mas na sua grande maioria não ficamos tanto tempo “vidrados” em apenas um título. Claro, todos temos games que não conseguimos ficar muito tempo sem visitar, mas infelizmente estes não são regra, é raro achar aquela combinação perfeita que faz aquele jogo ser simplesmente perfeito para você.

Porém, com um periférico novo, você acaba extraindo mais dos seus jogos e, normalmente, eles duram um bom tempo ou a vida toda. Ou seja, mesmo sendo mais caro, é um investimento que vale a pena quando considerada a quantidade de games que você pode aproveitar mais com ele, assim como a longevidade do hardware.

No caso do meu volante, posso dizer que foi a escolha certa. Vocês não tem ideia de como fez sucesso quando eu coloquei dois G25 lado a lado (O meu e o do meu primo), com um projetor e Gran Turismo numa tela enorme. Numa festa que fiz na minha casa, chegou a rolar FILA atrás de cada volante.

Meu primo me comprovou que esta é uma ótima regra, quando apontou para a mesa do computador e ao lado do teclado estava seu Microsoft SideWinder Force Feedback. Compramos o joystick na época do lançamento no Brasil e, desde então, não compramos outro. São 10 anos utilizando o mesmo joystick!

Espero que o meu G25 continue me deixando feliz por uma década também.

Após ler este relato, espero que você pense melhor na sua compra. Aquela que você ia deixar pra lá pois “é muito caro”. Tente fazer a matemática do (Nº de games X tempo de duração do modelo = Custo Benefício) e, quem sabe, compre o seu volante, joystick ou até mesmo Bateria para o Rock Band!

P.S. Agora meu SideWinder morreu, mas foi culpa minha. Liguei ele com a fonte errada e torrou o motor do Force Feedback. Snif…snif…

Relacionados e Publicidade