Início » Capcom » Diário Gamer 07 – Demo de Marvel Vs Capcom 2 (Playstation 3)

Diário Gamer 07 – Demo de Marvel Vs Capcom 2 (Playstation 3)

marvel_vs_capcom2_01

Decepcionante. Esta é a palavra que define o melhor demo da atualização desta semana na PSN. Parece que a Capcom estava com pressa pra jogar este demo na rede (ela tinha anunciado este jogo esses dias!), e isso é evidente no demo, que só tem uma opção de multiplayer offline. Isso mesmo: se você tem apenas um joystick, nem baixe o demo: será perda de tempo e de espaço no seu HD, mesmo o demo tendo cerca de 200MB. O jogo só aceita o modo multi-player com 2 jogadores de forma offline, com um amigo do seu lado perto da TV.

E não adianta vir nenhum amante de jogos de luta aqui pra cima de mim. Eu não gostei e ponto final. Ser obrigado a jogar no multiplayer? Se desse pra jogar online tudo bem: aí daria pra ter uma experiência completamente diferente.

A única comparação que dá pra fazer é com o Street Fighter II Turbo HD Remix na parte técnica e gráfica: os gráficos estão em alta resolução e a jogabilidade está muito boa. Isso se salva deste demo, onde os jogadores só conseguirão uma diversão melhor se tiverem um segundo joystick. Sem ele, se torna o pior demo que já joguei no console, superando o demo do Heavenly Sword, um demo tão curto que desanima até jogar o game inteiro.

O jogo tem 6 personagens neste demo: Ryu, Chun-Li, Strider Hiryu, Homem-Aranha, Wolverine e o Homem de Ferro. Alguns cenários estão disponíveis, mas eu ficar jogando comigo mesmo (já que testei num joystick meia-boca que eu usava pra PC. E que está com defeito) é altamente decepcionante. Para escolher os personagens, você escolhe 2 assistentes, sendo que se um deles for derrotado, o outro entra no lugar. E durante a luta você pode chamar, em alguns momentos, um assistente pra ele desferir um golpe especial. Uma mecânica similar ao primeiro game da série, que joguei alguns anos atrás no PSOne. Aliás, este jogo é uma versão melhorada de uma versão para o Playstation 2 Dreamcast, já que, segundo o Cláudio Prandoni, as versões do PS2 e do Xbox “era cheia de bugs chatos”.

Sim, sei que num jogo de luta a experiência multi-player offline entre 2 jogadores na sala algo que importa. Mas limitar isso no demo de um console desta geração é foda. A Capcom poderia ter esperado mais e ter colocado pelo menos um multi-player online. Aí sim seria mais interessante. Como não tenho grana pra comprar um novo joystick (mesmo paralelo) fica por isso mesmo esta análise deste demo.

O jogo sairá no próximo inverno (verão no hemisfério norte) na PSN e na Live Arcade.

[Imagens via Girls of War e Faca no Console]

Relacionados e Publicidade