Pular para o conteúdo
Início » Acessórios » Diário Gamer 09 – Joystick Infinity e God of War 2

Diário Gamer 09 – Joystick Infinity e God of War 2

Alguns sábados atrás, decidi testar a minha nova aquisição, que você está vendo acima. O Infinity é um joystick paralelo de Playstation 2, mas que não é um controle pirata. Comprei no Submarino por 40 reais, o que é um preço decente para um acessório (o original custa o dobro do preço aqui em Varginha). E como comprei por livre e espontânea vontade, este não é um post patrocinado (se fosse, além de ter um aviso no início do texto, eu teria ganhado o acessório).
A escolha do acessório é justamente por precaução. Cheguei a ver outro controle no site onde ele poderia funcionar tanto pra PC quanto no Playstations 2 e 3, mas como fiquei com medo de comprar o controle e o mesmo não funcionar, peguei este Infinity.
Quando o controle chegou em casa e fui abrir a embalagem, tinha uma dica para abrir a mesma, o que achei bem legal da parte dos fabricantes e importadores. Coloquei o controle no console e precisava de um game para testá-lo. E não deveria ser um game leve. Teria de ser algo pra levar o uso ao extremo e aí o primeiro jogo que veio na mente não poderia ser outro: God of War!!!
Peguei então o segundo game e iniciei um novo zeramento do jogo. Como antes eu tinha zerado no Easy, decidi recomeçar no modo normal e tentar ir até o fim, para então galgar outros níveis de dificuldade. Depois de começar o jogo e remover a aparição dos tutoriais de jogabilidade no menu (afinal, já sabia jogar o game de antemão), fui jogando o mesmo. O controle até que conseguiu aguentar o tranco e teve um bom tempo de resposta. Na verdade não dava pra sentir a diferença entre este joystick e o normal, mas é aquele negócio: no começo, o controle é meio duro e só com o passar do tempo que ele ficará melhor.
Durante a jogatina, acabei achando a localização do segundo game erótico: depois que você cai numa piscina (antes de você mergulhar e ir nadando até chegar no primeiro save), na parte da direita da tela tem um biombo. Destrua-o e você verá uma banheira com duas mulheres. Chegue perto delas e acione os botões na ordem que aparecer 😛
Depois de ter jogado o game, continuei o zeramento até chegar na parte do confronto com Teseu (Theseus no original), onde parei a jogatina pra descansar. Afinal, o jogo detona legal com os seus dedos, já que, diferente de games mais estratégicos e RPG, aqui é apertar os botões freneticamente, para derrotar os seus inimigos.
Por fim, o controle é altamente recomendado, já que você terá um controle barato, eficiente e que não é um controle pirata e sem precedência.

Relacionados e Publicidade