Pular para o conteúdo
Início » Playstation 3 » Diário Gamer 09 – X-Men Origins: Wolverine (Demo – Playstation 3)

Diário Gamer 09 – X-Men Origins: Wolverine (Demo – Playstation 3)

wolverine_02

X-Men encontra God of War. Esta foi a sensação de jogar o demo de X-Men Origins: Wolverine ontem no Playstation 3. Como eu disse anteriormente, se você tem uma conta européia na PSN, recomendo ir lá e baixar o demo do jogo, que tem cerca de 636 MB. O jogo também foi feito na Unreal Engine, já que isso apareceu nas logos das empresas logo no início do demo. E de ter mostrado isso aumentou o meu nível de análise, já que queria ver com os meus próprios olhos o que esta engine é capaz de fazer.

E fiquei um pouco desapontado. Talvez por ser um demo, a parte gráfica é mediana: eu vi muitos serrilhados tanto nos cenários quanto nos personagens e a floresta inicial do game não tem muita vida. Nesse tipo de cenário no topo está o Uncharted, com a floresta mais impressionante e real que já vi num jogo do console da Sony. As colisões do jogo também não estão muito bem configuradas e logo no começo, caso você chegue perto de um penhasco, vai ver o personagem flutuando um pouco no ar, como se não existisse falhas no chão.

Mas como o Augusto já me lembrou no demo do Marvel Vs Capcom: é um demo: tem limitações. E pode não ser a mesma coisa na versão final. Só que como o demo está sendo lançado na mesma semana que o jogo final, fica complicado não associar este demo com a versão já finalizada.

E porquê comparar justo com o Uncharted? Simples: este jogo foi lançado bem depois do outro. É óbvio que tem de existir melhorias gráficas em games desse tipo. E estamos falando da Unreal Engine, a engine mais famosa do planeta e uma das mais poderosas. Eu fiquei um tanto chateado com o tratamento gráfico deste demo e sorte que o Gears of War 2 tem gráficos melhores.

Mas por ser um game de ação, você mal vai se preocupar com isso. Wolverine compete com o Kratos de igual pra igual no quesito brutalidade: você pode desferir ataques comuns que estraçalham os adversários e tem alguns ataques mais fortes. Durante o demo é apresentado vários movimentos novos, igual no God of War. E um dos ataques mais difíceis de executar é o Lounge, onde você aperta o R1 para “mirar” e o L1 para saltar na direção do inimigo, num pulo de fazer inveja ao deus da Guerra. E este ataque só pode ser feito de longe.

Você também tem um “sentido fera” (que dá pra associar com o sentido aranha do Homem-Aranha…ok, a comparação é bizarra), onde o cenário fica meio cinzento, muito bom para achar rotas na selva (além do jogo mostrar o local para onde você tem de ir). E como o personagem se regenera, depois que você sofre dano a energia vai voltando ao normal aos poucos, onde a pele, caso esteja machucada, também se reconstrói. É claro que se toda a sua energia acaba, você morre, voltando depois ao último checkpoint.

Quanto à jogabilidade e efeitos sonoros, os dois ítens teve um tratamento muito bom. Só que aqui dá pra ver o porquê da Sony, nos dois God of War do Playstation 2, tirou o controle da câmera do jogador: aqui você estará com a câmera livre, e algumas vezes ela atrapalha o jogador a achar o inimigo. Nesse ponto, espero que os desenvolvedores do God of War 3 tirem essa opção e deixem a câmera sendo controlada pelo próprio jogo.

Você também evolui o seu personagem ao matar inimigos e coletando as Dog Tags (insígnias) de alguns soldados na fase. Neste demo (que joguei duas vezes de forma completa) você evolui alguns níveis que aumenta a sua energia e o poder dos golpes. é claro que aparecem inimigos mais fortes e os mais fracos estão em grande quantidade, aumentando a dificuldade do jogo.

O demo também possui uma animação de abertura feita em CGI e muito bem feita. Talvez deve ter mais animações desse tipo no jogo. Para os fãs da série, compensa adquirir. Este é um possível game decente baseado num filme, já que em sua maioria os games baseados em filmes são medianos por causa da pressa em desenvolver e entregar na mesma época do filme. E por falar em filme, já li relatos no Twitter de que o filme é muito bom. Mas como o Select game cobre apenas jogos, não irei postar aqui uma análise do filme. Mas pra quem viu o mesmo pode até comparar alguns acontecimentos entre o game e o filme que está nos cinemas aqui no Brasil.

X-Men Origins: Wolverine já está disponível nas lojas para PC, Xbox 360, PlayStation 3, PlayStation 2, Nintendo Wii e Nintendo DS.

[Algumas informações e trailer via Campo Minado. Imagens via Joystiq]

Relacionados e Publicidade