Início » Assassins Creed 2 » Diário Gamer 19 – A primeira Platina

Diário Gamer 19 – A primeira Platina


Todos aqui que me conheçem, sabem que não sou um caçador de trófeus e apesar de estar na sadia competição aqui do Select Game, não me desespero por trófeus e platinas e nem estar na frente na competição.
Mas devo confessar, conseguir a primeira platina foi algo emocionante. No caso, foi com Assassin’s Creed 2, um jogo que, diga-se de passagem, não é díficil de conseguir tal intento, já que na primeira jogatina até o final você consegue juntar todos os trófeus.
No meu caso, depois de terminar, deixei apenas 5 trófeus para pegar, os mais chatinhos na minha opinião por sinal, mas que davam sim para terem sido feitos durante o jogo. Acho que o trófeu mais chato é conseguir todas as penas, para destravar a capa dos Auditore, e consequentemente destravar dois trófeus, todas as penas, e usar a capa dos Auditore em cada cidade (este por sinal tem uma pegadinha, pois uma das cidades você não consegue ir via estabulo com viagens expressas, e pra você se ligar disso demora um pouco).
As penas, eu admito que que usei ajuda, neste caso um mapa com as indicações de ondem estavam e quantas tinham em cada região. Essa é tipo o trófeu das pombas no GTA, e não tenho vergonha de dizer que utilizei um mapa para localizar todas. Quanto aos demais trófeus, vários são pegos pela história do jogo, e alguns são missões especificas que exigem um pouco de raciocinio pra conseguir. Por exemplo, o no-hitter, é chatinho, enfrentar 10 inimigos e vencer sem ser tocado por eles, na boa, demorei pra sacar o que eu podia fazer pra conseguir esse, e o mais legal ainda, foi ver a I.A. do jogo trabalhando, pois depois de enfrentar uns 16 soldados ao mesmo tempo, no meio de uma bomba de fumaça, e quando ela se dissipou e o ultimo vivo viu 15 caidos e eu de pé no meio, ele largou a arma e saiu correndo.
E realmente é emocionante quando você está a um trófeu de platinar o jogo, no meu caso, era usar as cores Ebony & Ivory (os caras eram fãs do Paul Mccartiney, só pode ser), que eu tive que dar uma vasculhada nas cidades pra achar qual era a loja que vendia as mesmas, e só achei em um lugar, e então, pipocou na telinha o trófeu e logo depois a Platina.
Poxa, que emoção ali naquela hora. Afinal eu me provei ser o mestre naquele jogo e vencer todos os desafios propostos por ele. Para aqueles que são caçadores de trófeus, esse jogo é uma boa pedida, já que não é difícil conseguir essa platina. Ainda tenho um monte de jogos pra jogar, e alguns parados esperando a melhor oportunidade de platinar, e aos poucos vou conseguir esses intentos. E vocês meus amigos, quais foram as sensação ao dominar seu primeiro jogo?
Sei que tem jogos que a platina vale muito mais respeito que outros, mas o que interessa é que você na verdade dominou tal jogo.

Relacionados e Publicidade