Início » Everquest Next » Geforce distribui chaves do beta do Everquest Next – Landmark

Geforce distribui chaves do beta do Everquest Next – Landmark

Everquest Next - Screenshot HD

A NVIDIA abriu uma página no site da Geforce onde o jogador poderá fazer um cadastro e ter acesso ao beta fechado do Everquest Next – Landmark, ferramenta de construções que acompanhará o MMO Everquest Next, que terá muitas novidades. Segundo o UOL Jogos, o Landmark “é um jogo de criação e exploração de ambientes em que fãs poderá se apropriar terrenos e criar diferentes formas e objetos dentro deles.”, e outros jogadores poderão também explorar o seu terreno se você liberar o acesso.
Para pegar a key, basta clicar na imagem abaixo e fazer um cadastro no site da GeForce:

Para ativar a chave, basta ir no site oficial, fazer um cadastro gratuito por lá também (caso não tenha) e depois usar a chave, recebendo por e-mail um link de acesso ao instalador. O download inicial tem 2724 MB.
Sobre o Everquest Next (que será lançado para PC e PlayStation 4), os personagens não terão classes pré-definidas, e o jogador poderá distribuir pontos em habilidades variadas, podendo ter personagens multiclasse. Segundo o UOL Jogos, cada classe “terá duas armas exclusivas e os aventureiros terão acesso à oito habilidades em qualquer momento: quatro da classe que estiver ativa e quatro das armas.”

Conforme exploram o mundo do novo “EverQuest”, os heróis poderão descobrir e adquirir novas classes. A produtora fala em algo como 40 tipos diferentes, cada um com suas armas e habilidades únicas.
Outra mudança nos personagens é a movimentação: os heróis podem correr, pular, dar saltos duplos, se pendurar. “É o tipo de coisa que você faz em ‘Assassin’s Creed'”, disse o diretor David Georgeson ao site Kotaku. Por fim, “Next” será um mundo dinâmico, com grandes eventos públicos chamados Ralling Calls, que, segundo o diretor, terão enormes consequências em todo o jogo.

Além disso, os cenários serão destrutíveis tanto por jogadores quando por monstros: “uma cidade, por exemplo, pode ser atacada por criaturas selvagens e ter sua muralha derrubada. Isso permitirá mecânicas de combate envolvendo o uso estratégico de objetos, como em “Minecraft”.
A Sony também terá uma loja interna onde o jogador poderá vender as suas criações que ele criar com o Landmark.

Você pode construir uma torre e vender essa criação. Outra pessoa vai colocar ela dentro de um castelo. Cada vez que esse castelo for vendido, o dono da torre original receberá uma parcela do valor.

Com o enorme sucesso do Minecraft, certamente a Sony também está fazendo uma estrutura que ela consiga também ganhar dinheiro com a loja online da empresa. E como muitos jogadores tem know-how com mods, muitos deles poderão conseguir uma boa graninha, mas ainda fico na dúvida se o dinheiro poderá ser resgatado fora da loja: no Steam o jogador só consegue reaproveitar os itens que ele vende ao comprar outros jogos dentro da própria loja. Se isso for possível e facilitado (por exemplo tendo uma integração com o Paypal) certamente aparecerão players que conseguirão tirar o próprio sustento vendendo itens virtuais no jogo!

Everquest: Next ainda não tem data de lançamento.
[Dica do Fábio]

Relacionados e Publicidade