Início » Game Design » Inspirações para game designers

Inspirações para game designers

Para aqueles que pensam em seguir a área de games, principalmente em game design, onde podemos encontrar referência? Apesar da resposta TUDO ser uma boa resposta, é interessante o desenvolvedor se focar numa determinada área e procurar de acordo com o tema do jogo. Neste post decidi citar algumas área que podem facilitar para encontrar referências e idéias para game designers.
Bestiários – Você sabe o que são bestiários? O melhor exemplo é o Livro dos Monstros do jogo D&D, um dos livros que quero adquirir, já que vendo um livro desses dá para ter milhares de idéias! Principalmente para games de RPG, onde os game designers acabam criando uma fauna própria…Basta ver a série Final Fantasy com seu ecossistema imenso, que vai desde abelhas comuns até Weapons poderosíssimos que devem ter saído de um momento de alucinação coletiva dos desenvolvedores:

Ultima Weapon, de Final Fantasy VIII – Um inimigo de respeito!

Ecossistema terrestre – isso inclui os próprios dinossauros! Se você pesquisar bem dá para encontrar muitas idéias. Aliás, a maioria das idéias de monstros são baseadas nas faunas locais. Os desenvolvedores também podem misturar elementos de seres, como no futuro Spore, game de Will Wright:

Ferramenta de edição de criaturas em Spore

Sites de arte digital – Acredite: você terá idéias insanas ao visitar sites como a CgSociety e o deviantArt. Como os sites são atualizados constantemente pelos usuários, sempre tem imagens novas, e uma delas pode dar idéia de um cenário ou personagem. Até mesmo um game pode surgir do nada, ao ver uma determinada imagem e você montar, na hora, uma situação baseada nela.
Livros e Filmes – Meio óbvio, mas não custa nada lembrar! Quem lê muito consegue ter idéias melhores e consegue ter muitas referências na memória para jogos.
Jogos de RPG – aqui cito os jogos de tabuleiro, como D&D e Vampiro. O primeiro é medieval, mas possui tanta expansão que qualquer livro-secundário pode dar idéias. Obviamente, tirando o sistema D20, você não pode ambientar um jogo num mundo de um livro, salvo se conseguir autorização da empresa que detém os direitos.
Games – Não podemos nos esquecer deles. Quem joga muito consegue, como nos livros, ter muitas referências na memória. Deve jogar todos os tipos de jogos, desde RPGs até mesmo games de estratégia, para descobrir dicas legais para desenvolver um projeto.
Mas lembre-se: você deve tomar cuidado em usar certos elementos, já que você pode ter problema de direitos autorais e a crítica especializada pode dar notas baixas para o teu jogo se você copiar um elemento de outro jogo. Seja sempre criativo!
[Créditos das imagens: FFCompendium e Joystiq]

Relacionados e Publicidade
Marcações: