Início » Impostos » Justiça Federal define que games importados devem ser tributados como software!

Justiça Federal define que games importados devem ser tributados como software!

Uma decisão desta semana na Justiça Federal pode abrir caminho para podermos ver, finalmente, a sonhada redução de impostos nos jogos eletrônicos! Segundo uma decisão de uma juíza federal de São Paulo, os jogos importados deverão ser tributados como software, o que poderá impactar diretamente no preço de muitos jogos que são vendidos pelos varejistas e nas lojas digitais!

A decisão veio depois de uma longa batalha da distribuidora NC Games: em 2011 ela foi atuada pela Receita Federal por conta de importações realizadas entre 2007 e 2010, com discrepâncias constatadas entre o valor da mercadoria e o valor usado como cálculo de tributos. A empresa julgou que a autuação foi realizada de forma indevida.

Como argumento, a NC Games alegou que os jogos não se enquadram no artigo 81 do Regulamento Aduaneiro, que determinaria que os games fossem tributados como audiovisual. A juíza, por sua vez, concordou ao analisar o parecer técnico do Instituto Nacional de Tecnologia, unidade do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que conclui que videogames são softwares, que utilizam linguagens de programação e exigem a participação de programadores qualificados.

Claro que, apesar de ser uma ótima notícia, a Receita Federal pode querer recorrer, e assim inviabilizar a decisão da juíza, iniciando outra luta demorada na Justiça Brasileira. Pela situação atual do país, qualquer redução de impostos é ruim para o governo, pois deixa de arrecadar tributos. Mas vale notar que com jogos mais baratos, mais jogadores podem optar por comprar os jogos por aqui, e legalizados, optando por não comprar do mercado cinza.

Outra questão é que a decisão só vale para a importação de jogos eletrônicos. Então outros impostos que são incididos na compra e venda podem acabar ficando os mesmos, fora todo o lucro por parte das distribuidoras e lojistas, que pode não ser repassado para as os consumidores, De qualquer jeito toda redução de impostos no preço final dos jogos é bem-vinda! Vamos ver no que vai acontecer nos próximos dias e semanas!

[Com informações do Olhar Digital]

Relacionados e Publicidade