Início » FPS » Impressões – Beta multiplayer de Killzone: Mercenary (PS-Vita)

Impressões – Beta multiplayer de Killzone: Mercenary (PS-Vita)

Killzone Mercenary PS-Vita Screenshot - Helghast
FINALMENTE! É a palavra que define o meu curto tempo jogando o beta do multiplayer do Killzone Mercenary. Depois dos regulares Resistance e Unit13 e do patético Call of Duty: Declassified, parece que o Playstation Vita vai receber um shooter de respeito. E nada menos que um da franquia que mais joguei no PS3: Killzone.
Como todo beta, tive alguns problemas para jogar nos primeiros dias. Dando vários bugs para iniciar o jogo e algumas longas esperas para iniciar uma partida (estou falando com você Assassin’s Creed: Brotherhood), pelo menos, quando acho uma sala, não tive nenhum travamento e o jogo fluiu perfeitamente.

Os gráficos são, como todo Killzone, uma coisa a parte, muito bem feitos, sem os serrilhados (agora é com você Uncharted Golden Abyss), iluminação bem feita e aquela poeira voando toda hora só para nos impressionar. Eu não conseguiria ficar muito tempo em Helgan com toda essa poeira rolando, como sou muito alérgico.
As armas são praticamente as mesmas dos outros Killzones, onde você vai desbloqueando-as conforme sobe de nível e ganha dinheiro para comprar do arm dealer.
Os controles estão bem distribuídos e muitos bons, na medida que os analógicos do Vita permitem, claro. A maneira como usamos a tela frontal também ficou muito boa, podendo dar facadas e a trocar de arma, que para mim é uma boa opção, já que não temos os botões L2 e R2. Só senti falta de ter alguma função da tela esquecida traseira do Vita.


Nesse jogo nós somos mercenários, tanto da terra como de Helgast e o objetivo é ganhar grana. Não sei como vão desenvolver isso no modo história, mas no MP está muito bom.
Há dois Modos nesse beta: Um no estilo free-for-all, chamado Mercenary Warzone e um chamado Warzone (mapas Intel e Zenith), onde temos alguns objetivos para fazer no mapa, algo semelhante ao que já tínhamos no multiplayer do Killzone 2 e Killzone 3.
O jogo está muito divertido mesmo, e poder jogar em qualquer lugar da sala ou no horário do almoço no trabalho é muito divertido
Resumindo, eu me diverti pra caramba e me lembrei o quanto sou ruim em FPS. Consegui alguns 3ºs lugar e 1 glorioso… segundo sempre morrendo quase a mesma coisa que matando, mas tudo bem, terei tempo para aprender melhor sobre os mapas do jogo que acho que será O FPS no Vita.
Relacionados e Publicidade