Pular para o conteúdo
Início » Gamedev » Microsoft não fará novas versões do XNA

Microsoft não fará novas versões do XNA

XNA Logo

Antes de abrir o Select Game, eu e mais alguns amigos tínhamos um blog de desenvolvimento de jogos (que foi incorporado ao Select) e, na época, a linguagem do momento para o desenvolvedor indie era o XNA. Uma plataforma da Microsoft, usando a linguagem C#, que dava para fazer games tanto para Windows quanto para o Xbox 360, se tornando uma alternativa muito interessante para quem queria comercializar games. Eu até fui jurado de uma Global Game Jam que ocorreu aqui em Varginha, com um dos games sendo feito na plataforma, e nós temos inclusive tutoriais que ainda são acessados pelos visitantes, feito pelo Diego. De lá pra cá muita coisa mudou, e hoje o foco de muitos desenvolvedores acaba sendo a Unity e desenvolvimento para iOS e Android, a bola da vez dos desenvolvedores e o caminho mais interessante, mesmo com uma concorrência feroz nas lojas oficiais online. Só que a XNA ainda se mantinha vivo, principalmente para desenvolver games para o Xbox 360, pagando a anuidade de 100 dólares para poder publicar games na Xbox Indie Live Arcade.
O tempo foi passando e admito que eu perdi um pouco o interesse por gamedev (e por isso se eu estiver errado em alguma informação me corrija nos comentários!), mas sempre gostei da área, tenho curso superior em Sistemas de Informação e atualmente sou desenvolvedor Delphi num escritório pequeno com um sistema comercial. E uma das primeiras alternativas que eu iria caso eu investisse mais tempo na área é o XNA, pelas facilidades que a plataforma representa e até mesmo hoje, pensando em desenvolver já pro próximo Xbox. Só que, depois do balde de água fria dos últimos dias, ficará mais difícil escolher a plataforma. Segundo o Develop, um representante da Microsoft confirmou ao site Polygon que ela não irá mais fazer novas versões da plataforma, se focando apenas no DirectX. Eles querem investir no DirectX para ser uma plataforma unificada nos produtos da empresa, tanto para o Xbox 360, PC e Windows Phone, e eles não querem parar com a inovação do DirectX.
Eles também afirmaram que muitos desenvolvedores conseguiram sucesso financeiro com a plataforma, mas que não terá novas versões do framework, sendo retirado do MVP Award Program em 1 de abril. Um balde de água fria para os desenvolvedores e estudantes, que podem acabar indo para outras plataformas ou engines. E com o poder dos smarthphones crescendo a cada dia com novos celulares e equipamentos, o desenvolvedor poder não ter muito interesse no próximo Xbox, ou usar a Unity, que está se tornando a principal plataforma de desenvolvimento para pequenos e médios desenvolvedores.

Relacionados e Publicidade
Marcações: