Início » Bioshock Infinite » O que você jogará neste final de semana? (250)

O que você jogará neste final de semana? (250)

Final-de-Semana-Jogos-Edicao-250

Final de Semana - Jogos - Edicao 250

Maaaaaaaaaaaaaaaais um fim de semana, em riiitmo de féééérias! \o/ E nesse fim de semana vou estar jogando alguns games que já devia ter começado, mas que por causa da faculdade não pude, porém felizmente o semestre acabou e estou oficialmente de férias (tudo culpa da greve das federais u_u).

Começando, vou seguir de onde parei em DmC – Devil May Cry, que saiu para os assinantes da Plus USA em Janeiro. Já havia começado o jogo e creio que devo estar chegando na reta final da trama. Quando foi anunciado como um reboot da série, eu fiz parte da galera que reclamou sobre o visual do Dante, reclamou sobre… o visual do Dante e também reclamou sobre… sim, o visual do Dante.

Já estou com algumas horas de jogo e ok, é divertido. Está bemmmm mais fácil realizar combos enormes e bemmm mais fácil enfrentar os inimigos, mas apesar disso, o clima meio gótico e bizarro ainda está lá com trilha sonora de rock pesado e vozes e gemidos de sofrimento no fundo do som. Quando jogo DmC, me sinto jogando Metal Gear Rising, de maneira que é um bom jogo se pensarmos em um spinoff, mas que não me agradaria se ele tomasse o lugar do jogo principal, entendem? Dante é apresentado com uma personalidade arrogante, inconsequente e infantil (nisso, está parecido com o anterior), mas falta o carisma do Dante da saga principal, sendo assim, gostaria que os jogos anteriores não fossem para o limbo.

Tirando essas questões de lado, DmC é um jogo bonito, com uma trama que tem me interessado (está melhor que muitas tramas anteriores – tipo Devil May Cry 2) e com uma jogabilidade consistente para um jogo hack n slash.

Próximo jogo da listinha é BIOSHOCK Infinite. E sim, praticamente 1 ano depois do lançamento do jogo, ainda não o tinha o jogado. Para quem estava em algum planeta distante ou por qualquer outro motivo não esteja sabendo, os assinantes da Plus USA ganharam em janeiro Bioshock Infinite (e os da europeia também irão ganhar em fevereiro) e por isso este cabeçudo que vos escreve está tendo a oportunidade de jogar esse que foi considerado um dos melhores games de 2013.

O pouco que joguei de Infinite me permitiu o vislumbre de algo muito diferente de qualquer coisa que já tinha jogado. O começo da trama já consegue te pegar de jeito e envolver o jogador. Ainda não sei o que mais me atraiu nos primeiros contatos com Columbia, se foi a projeção incrível de uma cidade nos céus, sua arquitetura, o contraste de luz e sombra fruto do sol, a população extremamente viva ou a ideologia por trás desse cenário, aparentemente angelical. Dá pra perceber que tá rolando uma treta muito, mas MUITO errada por ali, há de cara comparações com rituais cristãos (como o batismo para a remissão de pecados), inclusive com a apresentação de uma espécie de “trindade” com nomes de ícones americanos como Benjamin Franklin, George Washington e Thomas Jefferson.

Ao contrário de Bioshock 2, gostei até o momento da jogabilidade. Infinite parece ser um shooter bem melhor que os anteriores, a mira segue de forma mais intuitiva e natural, apesar que ainda não experimentei como é ficar pulando nos trilhos feito um macaco doido. Por fim, uma coisa a dizer: Realmente Elizabeth é linda!

Por fim, também pretendo jogar um pouquinho de Enslaved: Odyssey to the West. Jogo que comprei numa das promoções relâmpago da Sony de começo de ano. Enslaved é um game que pode ser comparado com Dragon Ball. Por quê? Por ser baseado na lenda da Jornada para o Oeste, muito famosa na China e que influenciou mesmo que não diretamente diversos outros animes e games. De qualquer forma o protagonista do game é Monkey que acaba encontrando Trip, uma garota que se torna sua parceira ao longo da trama. O resto da trama? Eu conto quando tiver jogado xD

E vocês, o que irão jogar nesse final de semana?

Relacionados e Publicidade