Pular para o conteúdo
Início » Edge » Oficial – Revista EDGE no Brasil

Oficial – Revista EDGE no Brasil

Lembram que eu cheguei a comentar sobre a vinda de uma revista estrangeira e de um site internacional? Então, hoje foi anunciada a versão brasileira da revista EDGE, uma das revistas internacionais mais conhecidas dos jogadores, e uma das mais conceituadas. Segue possível capa da primeira edição:

E pelo que andei lendo, dá pra comprar a revista no site ou assinar a mesma com um desconto ENORME! Segundo o Gamer.BR, a revista virá no meio de maio, terá 100 páginas e custará R$14,90. Ela ficará no lugar da Gamemaster, que deixará de existir e a equipe de jornalistas de games da editora passará pra nova revista. Faz até sentido descontinuar a antiga, já que eles iriam concorrer com eles mesmos!

Tentarei assinar ela caso o meu irmão não perca o emprego mês que vem (é,ele tá na corda-bamba. E eu tenho receio de ser demitido quando voltar das férias), já que o ruim da Gamemaster era o sistema de distribuição para o interior: cada edição da revista demorava uns 2 a 3 meses pra chegar aqui, o que desanima qualquer um a comprar a revista.

Agora, é claro que os odiadores das revistas de games não irão dar a mínima, mas eu não estou ligando pra isso. Admito que eu compro (quando posso) algumas revistas de games, já que elas conseguem fazer reportagens completas de games e da indústria que quase não aparecem em blogs. Eu não tenho, por exemplo, tempo (e acesso) pra montar uma reportagem gigante de um jogo qualquer, diferente dos jornalistas que trabalham por conta. Obviamente que nesta primeira edição a matéria do Nintendo DS me interessou logo de cara (junto com a do Final Fantasy XIII), por querer saber quais empresas já estão trabalhando com a plataforma. Pelo que eu sei, temos a Tectoy Digital (Campinas), Techfront (de Curitiba e Florianópolis), Southlogic (Porto Alegre) e a filial nacional da Ubisoft (que também é dona da Southlogic). Essas são empresas que tenho certeza que trabalham com a plataforma e saber outras pode ser essencial pra quem pensa em entrar na área.

Pra terminar, o preço da revista é um tanto salgado e tentarei comprar quando puder, caso eu não assine a mesma.

Relacionados e Publicidade