Início » Burnout Crash » Primeiras imagens e teaser de Burnout Trash…digo, Burnout Crash!

Primeiras imagens e teaser de Burnout Trash…digo, Burnout Crash!

200 horas de jogo. Uma PSEye comprada especificamente para platinar. Todos os 98 troféus. A história do Select Game, a minha e a de Burnout Paradise caminham lado a lado. Vocês sabem o quanto sou fanboy do jogo da Criterion, e sonhava com um novo game que faça jus à qualidade alcançada pela empresa. Aí surgiu o Need For Speed: Hot Pursuit, que foi lançado e que é o melhor Need For Speed em muito tempo! Need For Burnout, Burnout for Speed. Autolog: disputas para ter o menor tempo e zoar os seus amiguinhos! A Criterion tinha se especializado em fazer games excelentes de corrida. Hot Pursuit é must have. Burnout Paradise é o melhor custo-benefício da Playstation Store. Ainda mais esta semana, custando menos de 8 dólares e com alguns DLCs embutidos!

Então surgiu o nome do novo Burnout, onde eu tinha achado o nome…esdrúxulo. Só o nome, pois tinha botado fé no jogo, fazendo jus ao hype que eu sempre boto em muitos games por aqui. Então surgiram as primeiras infos, prevendo que teríamos a ovelha negra da produtora. Vamos relembrar as infos anteriores:

A descrição feita diz-nos que Burnout Crash terá visuais semelhantes a desenhos animados e que ganharemos pontos por causar destruição (algo típico nesta série).

Em alguma sequências irão aparecer aviões gigantes, tornados, monstros lagosta e OVNIs que destroem tudo à sua passagem.

Eu torci o nariz, e como fanboy doente do Paradise, já tinha passado por 4 dos 5 estágios previstos por Kübler-Ross (e postado pelo Kotaku uns tempos atrás): negação, raiva, negociação, depressão. Aí a EA “anunciou” o game hoje, divulgou um teaser e as primeiras 3 imagens de gameplay.

Imagens:

As primeiras infos oficiais são: lançamento ainda em 2011. PSN e Live Arcade. Suporte ao Kinect. Autolog para comparar scores.3 modos de jogo. 6 cenários e 18 cruzamentos para marcar os pontos, batendo em tudo que estiver no seu caminho. Destrua carros, prédios, etc.

Mesmo com as imagens o gameplay é uma incógnita. Claro que muitos que curtiram os primeiros GTAs podem gostar do game. Eu não. Passei longe dos primeiros GTAs, continuarei passando longe. E sabem qual é a pior: vou acabar comprando o jogo para falar mal. Ou eu posso pagar a minha língua, alcançando o quinto estágio do modelo de Kübler-Ross: a aceitação. Com as imagens acima, está bem difícil.

Há aqueles que podem achar que eu estou exagerando, por ser um game para download. Se a EA lançasse este game com qualquer nome, eu não estaria com tanto mimimi. Mas ela colocou o “Burnout”. Então que ela aguente às críticas dos jogadores!

[Via Canal dos Games e Site Oficial, com dica do Vinícius]

Relacionados e Publicidade