Pular para o conteúdo
Início » Online » Sony: dados da PSN foram roubados por hackers

Sony: dados da PSN foram roubados por hackers

Até o meio do dia de hoje, não se sabia a gravidade da queda global da PSN Store, onde a Sony se limitava apenas a fazer poucos comentários, gerando reclamações dos jogadores. Muitos gamers estavam bravos pela “falta de transparência”, mas por serem problemas de segurança, é óbvio que ela ficaria de certa forma quieta, para não gerar informações que podem ser usados de forma maliciosa por aí. Então saíram duas informações importantes, onde uma delas traz uma luz sobre este problema, e a outra é o que todo mundo temia, detonando ainda mais a reputação da gigante japonesa perante a comunidade.

Segundo o Tecnoblog, parece que um firmware modificado por ter sido a causa da pane na rede online. O Codename:Rebug “tinha a capacidade de acessar a parte da PSN específica para desenvolvedores”, onde com manipulação de URL e cartões de crédito falsos era possível baixar games de graça, podendo causar prejuízo por parte da empresa e dos produtores. Como a Sony não saberia desligar só essa parte ela optou por derrubar toda a rede, prejudicando os jogadores inocentes que só queriam jogar/comprar games legalmente.

Junto a esta info, aconteceu o pior. Segundo o PSBlog, os hackers que invadiram a empresa conseguiram ter acesso a todos os dados cadastrados na rede, como senhas, endereços, nome, telefone, dados das subcontas (compartilhamento) e que podem ser usados para ataques como o ‘spear phishing’, “em que uma fraude usa informações pessoais e relações comerciais verdadeiras da vítima para convencê-la a executar um vírus ou ceder outras informações” (segundo o G1). Quanto aos dados de cartão de crédito, a Sony ainda não tem evidências desse roubo de dados, mas não estão excluindo esta possibilidade. Ou seja: os dados bancários podem ter sido adquiridos também, exceto o código de segurança (que está atrás do cartão).

A Sony também informou que não entrará em contato com os jogadores pedindo informações (e por isso você deve desconfiar de qualquer contato que alguém poderia fazer a você usando os seus dados) e que ela contratou uma empresa de segurança para conduzir uma investigação completa do que está acontecendo.

O jeito agora é trocar todas as senhas de serviços que você esteja usando (e que podem ser as mesmas da PSN) e ficar de olho na sua fatura, caso tenha cadastrado o seu cartão na rede. Quanto ao incidente em si, é ruim para a reputação da Sony, mas temos de lembrar que hoje nenhum sistema no mundo é seguro. Apesar da farra que está acontecendo nos últimos meses com o PS3 (destravamento e etc), temos de lembrar que ela manteve o console seguro por 4 anos, e nessas horas ninguém lembra disso. Mas realmente, acho que ela poderia ter estruturado melhor a rede online para não ter tanta demora para corrigir e causar tanto transtorno. Pelo menos os jogadores estão podendo fazer outras coisas com o console, jogando games offline enquanto espera a rede ser normalizada.

A PSN pode ficar offline por pelo menos mais 1 semana, segundo o post oficial no PSBlog. A empresa lamenta o incidente e novamente está correndo contra o tempo pro serviço voltar ao ar, trabalhando dia e noite, e prometendo trazer uma rede mais segura contra invasões externas.

Relacionados e Publicidade