Início » Game Informer » Vazaram detalhes do RPG de South Park

Vazaram detalhes do RPG de South Park

Revelamos na semana que passou sobre a próxima capa bizarra da Game Informer. Agora o usuário do Neogaf, ‘flashbandit16’, recebeu a tal edição de Janeiro e simplesmente falou tudo no fórum. Se realmente o caro leitor se importa com spoilers não leia isto, leia outra coisa do site. (Nenhuma das imagens são relacionadas ao texto, só para dar aquele ar de ‘nonsense’)

Os criadores da série Trey Parker e Matt Stone, participarão ativamente do game escrevendo o roteiro e os diálogos. Os desenhos será feito a mão, assim como é feito na série e segundo as Concept Arts encontradas na revista, teremos uma mina de Gnomos, local de acidente de um OVNI, algo como uma mega briga entre Gnomos e Crab People; e uma cidade natalina.

Como foi falado antes, seu personagem é uma nova criança na cidade de South Park e a questão principal é socializar-se com o pessoal e ser aceito. Tudo começa com você, participando de um RPG Live Action que depois vira realidade. O grande Eric Cartman te dá boas vindas e te ajudará a escolher 5 classes: Mago, Paladino, Aventureiro, Rogue e uma classe totalmente criada por ele (Pataquepariu essa será a clase que eu vou escolher).

O game será feito na mesma engine de Dungeon Siege III e terá um efeito dinâmico de lip-sync para acomodar-se as mudanças de roteiro. Teremos um camêra que facilitará a visualização de certos ângulos, além de podermos pular as cutscenes. Trey Parker simplesmente odeia cutscenes que não podem ser puladas. E para tudo ficar autêntico, os criadores forneceram 15 anos de materiais de South Park para estudo e pesquisa.

Mantendo a tradição de alguns RPGs, o personagem principal não fala nada e será totalmente customizável. O menu será um smartphone (um iphone talvez?) e teremos um app imitando o Facebook mostrando o número de amigos e seu status. Os inimigos estaram visíveis no mapa, teremos Soda como poções de vida e um Okama Gamesphere como item mágico. Teremos um sistema de Summon’s mas não foi detalhado e também teremos um sistema semelhante ao de ‘Materias’ do Final Fantasy, podendo colocar atributos como fogo, veneno e eletricidade em suas armas.

Nas batalhas teremos algo semelhante ao Paper Mario e os jogos de RPG do Mario e Luigi. Se o jogador der um golpe, ele começa o combate e vice-versa. Teremos também vários itens e referências a própria série, como os colecionáveis. Foi detalhado que poderemos coletar bonecos do Chinpokomon, paródia deles ao Pokémon.

Trey Parker e Matt Stone falaram que gostam do gênero RPG e acham que é o melhor gênero para South Park. Parker gosta mais devido ao fator single player e não curte MMOs e ainda comenta que seu RPG favorito é The Elder Scrolls IV: Oblivion. Já Matt Stone curte mais jogos de mundo aberto como Arkham City, Infamous, Grand Theft Auto e Red Dead Redemption. Ele se refere como um jogador que esmaga botões e disse que adorou os jogos da série Serious Sam por quê ele gostou de ‘atirar nas coisas e explodir tudo’.

Entrando no humor, a questão mais importante em jogo de South Park. Teremos sátiras dos jogos quee Parker e Stone já jogaram, mas também teremos referências a jogos atuais. Eles querem fazer um jogo cômicozinho e falaram o quão importante é o dialogo, citaram Portal 2 como um exemplo. Se os diálogos do Portal 2 estivessem em um jogo ruim, não teria causado o impacto que causou. Por isso eles estão tentando fazer um balanceamento entre os dois.

Para terminar, o jogo pode ser definido (nas palavras deles) como uma linha entre Oblivion e FIFA:

Você tem que matar uma porrada de monstros mas só pode usar seu pé.

(Via NeoGAF e VG247)

Relacionados e Publicidade